Como fazer seu planejamento financeiro pessoal? Após assumir o controle dos seus gastos numa planilha básica, agora é evoluir para o planejamento financeiro

Como fazer seu planejamento financeiro pessoal? Após assumir o controle dos seus gastos numa planilha básica, agora é evoluir para o planejamento financeiro

Após ter lido o artigo Como uma planilha completa de controle financeiro te ajuda na organização dos seus gastos pessoais e ter formado o hábito de fazer sua planilha mensalmente, você verá que realmente funciona planejar e vai sentir-se até motivado com essa prática de pensar antes de gastar e de tomar melhores decisões financeiras. Vai ser tão bom sentir-se no controle dos seus gastos e saber decidir melhor sobre o seu dinheiro que agora você vai querer mais. Refinar o seu planejamento e pensar não só no próximo mês, mas fazer o planejamento para o ano inteiro. De janeiro a dezembro, todos os meses estarão planejados e essa visão geral do ano te fará programar suas férias, os gastos extras como IPVA e IPTU, os presentes que deseja dar para as pessoas que ama e começará a planejar e a encaixar no seu orçamento a realização dos seus sonhos. A reforma da casa, a troca do carro, a viagem dos sonhos, a faculdade dos filhos e o fundo de reserva para aposentadoria. Tudo começa a ficar mais claro e mais previsível na sua vida. Não haverá mais todos os meses uma surpresa desagradável, isto é uma conta que você não se organizou para pagar.  E os imprevistos? Para isso você terá seu fundo de reserva para emergência que vamos falar em outro artigo.

Planejamento financeiro pessoal é ir além da planilha de orçamento mensal. É ver o ano todo, mês a mês, o que está previsto acontecer em termos de gastos fixos e ganhos mensais. Entrada e saída de dinheiro e o saldo final dessa movimentação. Com essa visão geral, você saberá o que fazer com o saldo previsto. Se for positivo, decidir gastar ou guardar. Ou gastar parte e guardar outra parte. Se for negativo, fazer os devidos ajustes nos meses anteriores para adequar o saldo daquele mês que está previsto um saldo negativo. Quanto mais tempo você tiver para decidir, melhores opções você terá para agir. Descobrir semana que vem que você não tem dinheiro para pagar as suas contas é pior do que se você souber semanas antes, pois já começará a correr atrás de uma solução.

Imagine que bom será planejar a compra do presente da pessoa amada com antecedência. Pensar em opções, definir o que será o presente e saber o quanto custará para comprar. Sabendo o mês do aniversário dela, sim esperamos que você saiba a data, e quanto quer gastar, você se programa para este gasto e consegue encaixar no seu orçamento.

Veja, não é muito melhor uma vida previsível no quesito dinheiro? Ver a sua movimentação financeira do ano todo e ter o poder de fazer os ajustes necessários não te faz ter o controle das suas finanças? Não te deixará alerta e motivado para fazer mais dinheiro? Seja ajustando seus gastos ou buscando fazer mais dinheiro na sua vida? Planejar. Planejamento financeiro. Planejar a vida. Sim, é possível. É agradável e é muito, muito poderoso. Poderoso porque agora você está no controle. Experimente, não custa nada fazer. E, sim, te custará estresse, pagar juros e sentir-se incomodado não ter o dinheiro que você precisa se você não planejar a sua vida financeira.

Sentir-se no controle da situação é a primeira conquista de planejar, pois o seu ano inteiro, os 12 meses, está planilhado, organizado e previsto como será seu saldo a cada início de mês para que você sempre tenha dinheiro para honrar seus compromissos. A segunda conquista ao se planejar, além de estar no controle, é te dar poder de mudar. Motivação é o motivo que leva a ação. Você vai ter um comportamento e pensamento de riqueza e começará a mudar o seu pensamento, se você conseguir entender e considerar que o seu orçamento:

– te dá motivação para buscar fazer mais dinheiro para ter um padrão de vida confortável (gastos do dia a dia)

– te ajuda a se organizar financeiramente para realizar todos os seus sonhos (gastos futuros)

– te fazer tomar decisões melhores na hora de gastar. Vai ser mais seletivo nos seus gastos e menos impulsivo sabendo que abrir mão de um gasto não essencial, que pode até se arrepender no outro dia por ter feito este gasto, estar economizando não é um sacrifício, pois estará guardando dinheiro para gastar com as coisas que realmente são importante, ou seja, realizar sonhos

Com organização e sentir-se no controle você vai parar de reclamar, para agir. De esperar, para ser o responsável pela mudança. De aceitar que não tem solução, para todos os dias fazer algo em prol da solução. Fazer mais dinheiro na sua vida quer dizer ser um profissional mais competente e por isso ter chances de salário melhor. Pense, por que seu chefe deveria dobrar seu salário atual? O que você tem feito para merecer este aumento? Ou fazer mais dinheiro mudando de emprego, sim pode ser difícil e confortável ficar como está, mas se desse jeito você não vai melhorar seu salário, a saída é mudar de emprego. Ou fazer mais dinheiro tendo renda extra o que é totalmente possível nos dias de hoje. Oportunidades de ganhar dinheiro na internet, fazer marketing multinível e tantas outras possibilidades que vamos falar em outro post. Fazer dinheiro quer dizer proatividade, sair da zona de conforto, trabalhar mais, trabalhar melhor ou mudar os comportamentos de gastos.

A terceira e última conquista de ter o comportamento de planejar é você se conhecer melhor. Mas como isso é possível? Estamos falando de gastos, ganhos, planilhas e controles. Sim, estamos falando da sua vida financeira. E a forma com que você ganha e gasta dinheiro, e se consegue guardar, tem tudo a ver com o seu comportamento. Ter essas informações, revela o tipo de pessoa que você é. Veja que interessante. Porque além de saber como você gasta dinheiro, podemos descobrir porque você gasta com isto ou com aquilo. Que decisão você tomou para gastar. Comprar um carro financiado e assumir uma prestação não compatível com o seu orçamento não é uma decisão muito racional. Você todos os meses terá dificuldades em pagar este compromisso assumido. Em alguns casos, terá até que vender o carro depois de alguns meses e perder dinheiro com a venda. Isso não é racional. Comprar o carro foi uma decisão financeira de fazer um gasto. Gastar com um carro acima das suas possibilidades é outra decisão não financeira e sim comportamental. Não é decisão financeira porque você não fez contas para saber se podia assumir uma prestação deste valor. É decisão comportamental porque você usou a emoção para decidir. Você comprou para se exibir aos amigos e familiares, para não ficar atrás daquele amigo ou primo que comprou um carro novo e você não podia continuar com o seu carro usado. Você comprou porque a oferta era irresistível e na hora você nem fez conta se a prestação mensal iria pesar no seu orçamento. Veja, a compra do carro não foi planejada, de acordo com o seu planejamento financeiro. Foi uma decisão emocional. Por isso, seu planejamento financeiro pode revelar muito sobre quem você é. E ter autoconhecimento é o primeiro passo para ser uma pessoa melhor.

Buscar evoluir e conquistar mais para a sua vida. Conhecer os seus gastos e descobrir quais os comportamentos e emoções estão por trás destes gastos te ajudará a ter autoconhecimento.

Concluindo, seu planejamento financeiro pessoal é uma ferramenta de organização e controle da sua vida financeira. Ele te revelará no horizonte de 1 ano todo o dinheiro que você precisará para pagar as contas fixas e realizar os gastos desejados. A época para fazer esse planejamento é dezembro ou janeiro. Se for começar durante o ano, ok, faça do mês que vai começar até dezembro. Como ferramenta, o planejamento deve ser utilizado corretamente para dar o resultado desejado. Seus comportamentos, seus anseios, seus sonhos, seus medos e suas decisões são demonstrados todos no seu orçamento. Como você ganha dinheiro, e por que ganha somente este valor? Como você gasta dinheiro, e por que decidiu gastar dessa maneira? Essas são as principais respostas que você deve encontrar para finalmente entender porque a sua vida financeira não é como você gostaria que ela fosse.

Decisões comportamentais. O planejamento e o orçamento podem te ajudar a mostrar fatos, te fornecer informações e te disciplinar para organizar e projetar o seu futuro.  E por que pensar tanto no futuro? É porque vai ser lá que você vai passar o resto da sua vida. Com melhores decisões (agora) e com seu planejamento (futuro) em mãos, com certeza a sua chance de alcançar o sucesso financeiro será bem maior.

Um componente muito importante para você querer e decidir ganhar dinheiro você vai ler no artigo 1 única estratégia poderosa que te ajudará a ganhar dinheiro

Posts relacionados

Conheça nosso canal no Youtube com conteúdos gratuitos!

Acesse Agora

Cadastre-se e receba novidades e promoções exclusivas!

CADASTRE SEU EMAIL E RECEBA DICAS PARA MELHORAR SUA VIDA FINANCEIRA